Você precisa desses suplementos vitamínicos?  

De acordo com dados de pesquisa de consumo, 71% dos adultos dos EUA tomam algum tipo de suplemento alimentar. E o apelo dos suplementos é óbvio. Sabemos que as vitaminas são necessárias para a saúde, então por que não se certificar de que está no caminho certo?

O lado mais sombrio dos suplementos alimentares é que muitos dos benefícios alegados para a saúde estão vindo diretamente das pessoas que conseguem ganhar muito dinheiro com as vendas de vitaminas e a pesquisa nem sempre concorda com as reivindicações de fabricantes e varejistas. Aqui está um olhar sobre quatro vitaminas que você pode querer pensar duas vezes antes de consumir.

Vitamina E

De acordo com estudiosos, a dose diária recomendada de vitamina E para adultos é de 15 mg. Essas doses são baseadas no que atenderá às necessidades nutricionais de 97-98% das pessoas saudáveis. Outra pesquisa descobriu que as pessoas que tomaram mais de 400 UI de Vitamiana E diariamente enfrentaram um aumento de 4 a 6% do risco de morte. Outro grande estudo descobriu que, apesar das alegações de saúde em contrário, a vitamina E não diminuiu o risco de câncer de próstata em participantes do trabalho. Na verdade, os homens que suplementaram com vitamina E apresentaram um pouco mais de chance de desenvolver câncer de próstata do que os homens que não usaram o suplemento.

A vitamina C

Os suplementos de vitamina C, caros, comercializados para a prevenção e o tratamento do resfriado comum e da gripe surgiram em todas as farmácias. Eles vêm como pílulas, pastilhas e bebidas em pó e normalmente contêm 500-1000mg de vitamina C, pelo menos 5-10 vezes o valor da recomendação diária para adultos. Algumas pessoas usam suplementos diariamente para evitar resfriados, e outros usam altas doses no início de uma gripe para encurtar a duração. Mas uma revisão da evidência mostra que a vitamina C só afeta o resfriado comum de uma maneira: se você já está tomando-a diariamente, seus resfriados podem ser um pouco mais curtos.

Apesar das reivindicações dos fabricantes, as pessoas que complementam sua dieta todos os dias com Vitamina C não têm menos resfriados e a suplementação inicial no início de um resfriado não afeta os sintomas da doença. Se você optar por tomar um suplemento diário de vitamina C para encurtar seus resfriados, tenha em mente que as mega doses podem contribuir com cálculos renais.

 Vitamina A

A vitamina A pode ser tóxica em grandes doses, causando sintomas como náuseas, vômitos e dor abdominal. A maioria dos casos de toxicidade de vitamina A ocorrem em adultos usando mega doses de vitaminas para tratar doenças ou em crianças que ingerem suplementos acidentais. Mas os pesquisadores, agora, estão se perguntando se doses suplementares menores de vitamina A também podem causar problemas de saúde.

A dose diária recomendada de vitamina A para adultos é 700-900 mcg, e estudiosos observaram que apenas duas vezes essa quantidade foi conectada à osteoporose e à fratura do quadril em pessoas sem outros sintomas de toxicidade.

Multivitaminas

75% dos americanos que tomam suplementos tomam um multivitamínico, tornando-o o suplemento alimentar mais popular nos EUA. As multivitaminas são diferentes, mas a maioria contém uma longa lista de vitaminas e minerais, às vezes em quantidades muito superiores às ingestões diárias recomendadas. Ao longo dos últimos anos, estudos após estudos desafiaram as supostas vantagens do uso das multivitaminas para a saúde, mas também houve alguns que mostraram certo benefício. Em um grande estudo com mulheres mais velhas, o uso multivitamínico foi associado ao aumento da mortalidade.

Um trabalho de oito anos não mostrou efeito protetor contra doenças cardiovasculares ou declínio mental, mas um efeito protetor leve contra cataratas e câncer. E, mais recentemente, um estudo contradisse pesquisas anteriores mostrando um pequeno benefício para a saúde do coração. A pesquisa em torno de suplementos multivitamínicos não é clara, e é possível que nem todos os adultos se beneficiem deles.

É importante consultar o seu médico antes de tomar um novo suplemento e saber que adicionar mais frutas e vegetais à sua dieta é a intervenção mais apoiada do bem que você pode fazer para sua própria saúde. Frutas e vegetais podem diminuir o risco de doenças cardiovasculares, câncer, diabetes e pressão alta sem quaisquer efeitos colaterais perigosos. E um carrinho cheio de produtos naturais é muito mais acessível do que uma gaveta cheia de suplementos.

É importante consultar o seu médico antes de tomar um novo suplemento e saber que adicionar mais frutas e vegetais à sua dieta é a intervenção mais apoiada pela evidência que você pode fazer para sua própria saúde. Frutas e vegetais podem diminuir o risco de doenças cardiovasculares, câncer, diabetes e pressão alta sem quaisquer efeitos colaterais perigosos. E um carrinho cheio de produtos é muito mais acessível do que um gabinete cheio de suplementos.